fbpx

Demorei mais voltei. Hoje vamos falar sobre o grande Bebeto, o rei do balanço.

Em 1979 a Copacabana Discos lançou o LP Cheio de Razão, terceiro trabalho do mestre.

O cara é zica, catimbento mesmo. Eu sempre me imagino igual a ele na capa desse disco, em alguma discoteca dançando com a minha preta.

Músicas como Penetras, Apareça, Corda Bamba, A Beleza é Você Menina são clássicos como os filmes de Kenneth Anger. Entram em sua cabeça e passam por todas as vias que podem percorrer em sua mente. Naipes de sopro e guitarras nervosas são comandadas por back vocal femino de extrema perfeição, sem contar o swing da porra.

O visu do Bebeto era fora de série também, o violão até combina com a roupa. Estilo demais, recomendo conhecerem esse cara. Salve Bebeto e o samba-Rock.

Obs.: Menor apenas que o Senhor Simpatia, Mr. Jorge Ben.

“Quem nunca toma sopa, quando toma queima boca, é muito natural.”

Quer receber nosso conteúdo?
Receba a nossa newsletter

Receba todas as atualizações da SOUL ART!