Não dá pra viver aquele sentimento típico de Meia Noite em Paris o resto da vida, não é? De fato a gente se apega aos clássicos amores. Mas não dá pra ignorar, o novo sempre vem! É só deixar a preguiça de lado, parar de entortar o bico e se dar a oportunidade de ouvir coisa boa. É por isso que busco sempre novas referências por aí, e pra considerar uma conversa boa, é essencial que exista aquela troca bacana de sets para adicionar na playlist.

Stephanie-Bailly-Clairy-Browne--888x600

Foi em uma das minhas investigativas tardes na internet que me deparei com a delícia de Clairy Browne & Bangin’ Rackettes. Com uma identidade interessantíssima e estruturada em influentes nomes do Blues, Soul, RnB e Hip Hop, o grupo faz músicas que nos fecham os olhos, afastam os móveis, descabelam e fazem suar.

heineken_switch_bangin_rackettes

Começaram apenas como um doo-wop de menininhas, mas em 2009 a chegada dos novos integrantes e seus instrumentos fez a mágica ser finalmente concretizada. Após dois anos de formação, lançam seu primeiro álbum chamado Baby Caught the Bus. E eu agradeço!

Conhecidos pela energia histérica de seus shows e o visual autêntico de suas mulheres dominando o microfone, ao ouvir as músicas entendemos bem como a sedução acontece.

Vamos celebrar comigo o linear dos microfones no palco, o tom grave dramático de sua vocalista e a explosão sincronizada de seus instrumentos e backing vocals.

Aproveite!

 
Responda à nossa pesquisa e nos ajude a fazer do blog SOUL ART um portal cada vez mais completo:http://ow.ly/iEgC8

Quer receber nosso conteúdo?
Receba a nossa newsletter

Receba todas as atualizações da SOUL ART!