Revitarte: segundo ato

1053158_396318890479059_1749358843_o

Dois meses após a primeira matéria sobre o coletivo Revitarte, enxergamos novamente a força da tal “energia” conquistando e ocupando espaços, trazendo luz.

1065001_396321490478799_239352911_o

Tudo começou em um ponto cinza da Rua Domingos Marques no Jardim Monte Azul – São Paulo. Esquecido. Pedindo atenção. De onde não se esperava nada, um mutirão permitiu à natureza humana mostrar exceções, esbanjando cuidado e carinho.

1048208_396320887145526_1746336406_o

Nesta segunda ação, Revitarte deu vida ao escadão da rua, dividindo-o em mosaicos, traços e cores. Agora, os degraus que representavam esquecimento, representam níveis de amor. O modelo de iniciativa, premiado na 7ª Edição do Criando Asas, nos acorda com um grito, e relembra o importante dever social de reagir.

1052497_396321527145462_707523763_o

SOUL ART: Qual é a arte que move o Revitarte?

Revitarte: A arte inserida no contexto social. De revitalização. De dar um novo olhar pra um lugar. De mudança. O graffiti é a vertente artística das ruas paulistanas. A que o povo realmente tem acesso. Realizar uma ação colaborativa em que todos possam participar e desfrutar de um dia pacífico com uma ideologia que una o conhecimento dos artistas à vontade do povo de fazer revolução no ambiente qual vivem.

1048762_396319547145660_611376909_o

Até o fechamento deste post, as atividades ainda estavam rolando no escadão da Rua Domingos Marques. Para conferir o resultado da intervenção e acompanhar o trabalho do coletivo pelas ruas da Zona Sul paulistana, fique ligado na página do Revitarte no facebook.

Coletividade: […] uma energia nova. De surpresa, participação, colaboração e intuição. | Revitarte

 

Fotos: Gessé Silva

Mais um pensamento utópico espalhado no mundo. É do tipo escancarado coração em poesia. Ativista do amor, encontrou na arte e meditação a salvação do mundo através da alma. Ela tenta ilustrações, palavras e algumas cores pra expressar “a angústia” de Fernando Pessoa. Damaris, assim como você, pode ter nascido como resposta à “dor de perceber”, de Elis Regina e mudar enfim a cena. Amante da psicologia, veio através da criatividade e espírito de união, somar coisas boas ao mundo. Só as que vêm do coração.

1 Comentário para "Revitarte: segundo ato"

  1. Ola em primeiro lugar parabéns pelo grande trabalho,e quero poder ajudar de alguma forma,se puder ajudar ficarei muito feliz.
    grata

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *