fbpx

O início do século XX, entre 1915 e 1917, foi marcado pela série de brutais massacres cometidos contra povo armênio que vivia no Império Otomano. O Genocídio Armênio, que matou aproximadamente 1,5 milhão de pessoas, aconteceu com a intenção de exterminar a presença cultural, econômica e familiar daquele povo durante o governo dos chamados Jovens Turcos – grupos com desejo em comum de reformar o governo e a administração do Império.

O ocorrido foi reconhecido por grande parte da comunidade internacional, mas negado sistematicamente pelos governos turcos que estiveram no poder desde a queda do Império Otomano até os dias de hoje.

 

Pouco discutido desde a sua origem, o primeiro genocídio do século XX foi transformado em peça de teatro com dramaturgia de Arthur Haroyan e direção de Rogério Rizzardi. Encenado pelo Grupo Arca, “1915” entrará em cartaz amanhã (23) e segue até o dia 12 de dezembro, no Viga Espaço Cênico, prometendo levantar reflexão de forma envolvente e híbrida.
Quando: De 23 de outubro até 12 de dezembro; terças e quartas às 21h.
Onde: Viga Espaço Cênico (Rua Capote Valente, 1323 – Sumaré – São Paulo capital)
Quanto: R$40

 

Quer receber nosso conteúdo?
Receba a nossa newsletter

Receba todas as atualizações da SOUL ART!