Colaboradores

Gabriel Alexandre

Gabriel Alexandre

Criador da SOUL ART, produtor audiovisual da FECAP, fotógrafo, diretor de arte, músico e vegetariano. Pratica a arte de enxergar poesias escondidas entre os pequenos detalhes da vida, com uma pitada de adrenalina, e tem certeza que sua vida faz parte de um filme metalinguístico.

Valter de Moraes

Valter de Moraes

“Um caipira pleno”, como se autodenomina, Valter de Moraes é natural de Biritiba Mirim. Formado em Letras e Pedagogia, dedicou 30 à Educação, lecionando Português e Relações Humanas nas mais diversas realidades do ensino. Atualmente, além de professor no ensino médio e técnico, atua como palestrante, consultor de Língua Portuguesa, escritor e celebrante, ou seja, onde quer que possa exercer e demonstrar seu amor… à palavra.

Eduardo Arau

Eduardo Arau

Olhos operados, pêlos brancos que avançam, troca a noite pelo dia. Virou doutor na USP com 336 págs. sobre o sagrado em Guimarães Rosa. Filho-eterno de sua mãe; de seus irmãos, idem. Não gerou nem conquistou a sonhada independencia financeira. Cultiva amigos muito jovens. Tem amor por livros, filmes, arte. Ensina o assunto e faz filmes. Tem um blog REVIDE para falar de si e um pouco de tudo, como aqui, onde pousa no momento.

Dentinho Poesia

Dentinho Poesia

Escritor e compositor sob a alcunha de Dentinho Poesia, Yuri Dinalli é um paulistano apaixonado pelas idiossincrasias da terra da garoa e amante escancarado da cultura popular. Estudante de jornalismo, geminiano, roteirista e notívago, é também integrante do Terreiro de Compositores, movimento de sambas autorais que há 6 anos dá voz à música marginal.

Elaine Coutrin

Elaine Coutrin

Lanlan é jornalista e sonhadora.

Thaís Aguiar

Thaís Aguiar

Meu nome de batismo é Thaís Aguiar, mas adoro quando me chamam de Tata. Sou cantora, da rua mesmo. A vida faz poesia, e eu escrevo-as. Gosto de inventar coisas. Inventei a AllaCoci, marca de comidas artesanais. A gente faz chocolate e distribui poesia. Às vezes também organizamos uns eventos, só porque gostamos de reunir pessoas.

Bruna Bertolacini

Bruna Bertolacini

Designer gráfico e ilustradora (www.behance.net/brunabertolacini), inventei de meta de ano novo que queria trabalhar com música. Me formei técnica de áudio, comecei a fazer umas mixtapes (www.mixcloud.com/brunabertolacini) e fui chamada para colaborar com a parte musical do site. A vida é dahora!

Aline Oliveira

Aline Oliveira

Trabalha escrevendo, estuda a escrita persuasiva, mas contraditoriamente, costuma permanecer em silêncio. Constantemente, percebe que fala mais com os dedos do que com a boca. Tem paixão por transformar o ócio desperdício em ócio criativo, e mania de converter momentos comuns em poesias e pseudo-poesias, sendo essa última mais frequente. Acredita em arte, cores e cultura, tanto quanto em oxigênio pra viver.

Matheus Marinheiro

Matheus Marinheiro

Formado em produção audiovisual, filmmaker e artista plastico. A cada momento uma coisa a mais e tem sido assim desde sua infância. Vê arte em tudo inclusive no que é lixo pra todo mundo. Criador do projeto de divulgação de artistas Soul, chegou aqui pela confusão dos nomes e pirou nisso, aliás tudo é uma confusão infinita.

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Nasceu em São Paulo em 5 de Janeiro de 1981. Formado em Cinema. Trabalhou por 10 anos em TV. Desde 2008, é 1º assistente de direção em publicidade e cinema. Acima de tudo, um cinéfilo. Como escutou certa vez e costuma repetir: Na vida a gente tem que fazer o que gosta. Se não acaba trabalhando.

René Duarte

René Duarte

Professor de História, corinthiano, dependente de literatura, não compartilha receitas gostosinhas no Facebook e seu apartamento – alugado – não tem varanda gourmet. De modo que, por essas e por outras, não é nada, nunca será nada e não pode querer ser nada. Mas, como era de se esperar, por onde vai carrega essa bobagem de ter em si todos os sonhos do mundo.

Adriano Martinho

Adriano Martinho

Bacharel e mestre em filosofia pela Universidade de São Paulo. Autor do blog Post Scriptum sobre filosofia, política e as artes. Palpiteiro semi-profissional no Twitter (@ps_blog_br) desde 7 de junho de 2017.

Leticia Lourenzato

Leticia Lourenzato

Advogada, feminista, tentando engajar a militância jurídica com o meio social. Atualmente estuda serviço social, e passa mal toda vez que alguém a chama de “assistencialista”. Acredita no serviço social não como uma forma de assistencialismo ou prática individual, mas sim como política pública que concretiza o direito ao acesso público da equidade.

Renata Demétrio

Renata Demétrio

Paulistana, canceriana, estudante de Direito e curiosa.
De alma livre e com vontade de ser nômade, onde a mudança é constante e a intensidade faz morada.
Cada um, seu próprio universo.

Carol Paiva

Carol Paiva

Não sabe falar sobre si na terceira pessoa. Sou da quebrada, sou do mundo e sou minha. Trampo com marketing digital e mídias sociais. Formada em jornalismo, fiz um documentário chamado “No Submundo do Verso”, sobre pessoas com realidades semelhantes às músicas do Racionais MC’s, pra mostrar que o meio acadêmico deve respeito à cultura da periferia. Escrevo. Por ser mulher, resisto. Conto histórias, faço registros. E é só por haver arte que [ainda] existo.

Thiago Nunes

Thiago Nunes

Quando nasceu, não tinha nada para ser sambista. Quando ouviu o pandeiro, o rebolo e o cavaquinho tocarem juntos, foi amor à primeira ouvida. Hoje, quando não está ouvindo os grandes sambistas, está escrevendo, tocando e cantando os seus próprios sambas. Chama Geraldo Filme, Fundo de Quintal, Cartola e João Nogueira na roda, sem intervalos, sem partitura.

Adriana Vicente

Adriana Vicente

Paulistana, 25 anos, jornalista, apaixonada por livros, teologia e medievalismo, pisciana louca dos cristais e neopagã. Funcionária pública durante o dia e escritora nas horas vagas em seu blog pessoal Condado Encantado, onde aborda temas como paganismo, mitologia, simbologia, esoterismo, oráculos, teorias conspiratórias, entre outros. Em 2016 escreveu seu primeiro livro, resultado de um Trabalho de Conclusão de Curso, sobre artistas de rua. Gostou tanto da experiência que já está pensando nos próximos.

Guilherme Vazquez

Guilherme Vazquez

Professor de física, músico e poeta. É autor do livro de poesias “Eron Nicodemus” e o disco “Doze Poses”. Seu trabalho busca relacionar canção, poesia e fotografia. Além da preocupação com a própria produção estética, acredita ser importantíssimo discutir a arte entendendo-a dentro do desenvolvimento histórico. Aqui se faz um espaço para isso. Bem vindos!

Fernando Sabatini

Fernando Sabatini

Nasceu em Guarulhos no dia mais frio do ano de 1988. Aprendeu música ainda novo e atualmente leva a vida na flauta. Escreve mais do que ri.

Márcio Rogério

Márcio Rogério

Oriundo da periferia, graduado pela USP e pós-graduado pela UFSCAR em assuntos críticos na fronteira entre o político, econômico e social no topo e na base da pirâmide. Atualmente professor na UFGD e descrente na meritocracia, especialmente a que não discuta os pontos de partida; mais interessado em empoderamento da agricultura familiar em assentamentos e aldeias indígenas – após subir as escada, podemos estender a mão para que outros subam; não sou da turma que chuta a escada após subir.

Airton dos Santos

Airton dos Santos

Apreciador das artes como: música, pintura, ilustração, literatura, escultura e design. E das pessoas maravilhosas que as concebem para o mundo. Eventualmente me aventuro nestas áreas, mas meu papel aqui é disserta-las, disseca-las e traduzi-las para que alcancem mais olhares e mentes.

Mônica Lisboa

Mônica Lisboa

Poética, marginal ou depravada. #EstouNaNoia

Denis Le Senechal Klimiuc

Denis Le Senechal Klimiuc

Escritor amador, redator semiprofissional, cinéfilo sonhador e amador semiprofissional do cinema. Desde pequeno aprendeu que a sétima arte quebra barreiras, o que resultou em sua busca constante pelo melhor filme do dia. Técnico administrador, turismólogo e graduado como gestor de marketing, misturou toda a sua vida acadêmica à sua vivência em escolas, seja estudando ou promovendo o estudo. Hoje é redator freelancer e servidor público, sustentando seu vício e amor pela escrita por blogs Brasil afora.

Rebeca Righetti

Rebeca Righetti

Jovem estudante de Ciências Sociais. É paulistana, pisciana e sonhadora. Como acredita que o mundo nós fazemos juntos, dá aulas voluntárias de Sociologia e escreve com o objetivo de desconstruir a ignorância e construir a consciência juntamente aos seus semelhantes. Acredita no amor, na arte, na educação e vive isso. Não come animais porque tenta amá-los. Tenta sempre alcançar o tempo conforme ele passa, tenta sempre e nunca consegue. Rebeca tem sede de vida, quer fazer muito mais, quer ser “carpinteira do universo inteiro”.

Daniel Augusto

Daniel Augusto

Professor, geógrafo e hipnólogo. O território só existe na sua mente. As linhas que nos separam são sempre invisíveis. Movido a nonsense quando o concreto já não dá mais conta do real. Pensando o mundo e planejando compartilhar um pouco mais.

Patrícia Araújo

Patrícia Araújo

Recifense, cientista social, cineclubista (Cineclube Avalovara) e futura antropóloga. Ama fotografar e cozinhar nas horas vagas, conhecer pessoas e conversar sobre tudo que for possível. Cinema, música e poesia são suas grandes paixões e isso faz dela uma grande curiosa no assunto, sempre buscando coisas novas e revivendo as antigas. Acredita que o mundo tem solução, só precisamos nos unir e lutar. “Todos juntos somos fortes.”

Gabriel Santos

Gabriel Santos

Gebher (homem)+el (de deus), fortaleza de Deus, anjo anunciador. Missões grandes de mais para quem, apesar do sobrenome, Santos, não acredita em milagres. Com menos de 20 anos, tem todas as dúvidas do mundo: o que ser, onde ir, no que se meter para estudar. Por enquanto, gostando de transitar por São Paulo, zapear, ler, ouvir o ronronar das redes de computador. Por enquanto, vestibulando, elaborando textos, fazendo videos, com muitas intensões e sem certezas absolutar. Querendo uma vida que não precise ser muito editada. Jovem aprendiz SOUL ART.

Jéssica Stuque

Jéssica Stuque

Uma aprendiz no mundo, faz da curiosidade sua arte de viver. Formada em jornalismo pela USP, saiu das redações para gastar mais sapato pelas ruas, descobrindo o audiovisual e depois o teatro. Deixa a poesia a tomar por assalto. Acredita que misturar as linguagens é o que está destinada a fazer e por isso se desmembra como jornalista, videomaker, performer e atriz.