No próximo dia 02 de dezembro, são comemorados os 101 anos do primeiro samba registrado. Preparamos uma listagem com 15 eventos em São Paulo para você poder festejar a data no melhor estilo possível: Sambando.

Por mais que o momento atual do samba em relação à mídia não seja dos melhores, os sambistas seguem lutando e comemorando mais um ano de existência e resistência deste que é o mais amado e brasileiro dos estilos.

Já que, como nos ensinou Candeia, “vive melhor quem samba”, preparamos uma lista com 15 rodas espalhadas por São Paulo para você festejar a data com muito samba no pé. Todos os eventos referem-se ao dia 02/12. Segue:

  1. 12H: AMIGAS DO SAMBA NA PRAÇA DA REPÚBLICA

    O movimento sociocultural Amigas do Samba se apresenta na Praça da República compondo a 8ª Virada Inclusiva de São Paulo. Saiba mais clicando aqui.

  2. 12H: DIA NACIONAL DO SAMBA PRA IARA – CAMPINAS

    Vários sambistas e jongueiros se reúnem na Casa de Cultura Fazenda Roseira, em Campinas, para a realização de uma roda de samba beneficente. Saiba mais clicando aqui.

  3. 12H: CONFRATERNIZAÇÃO DO TERRA BRASILEIRA

    O P.C.R.V.G. TERRA BRASILEIRA se apresenta em Itaquá promovendo uma grande confraternização em prol da amizade e do samba. Saiba mais clicando aqui.

  4. 12H: SAMBA DO LARGO DA LAPA

    Evento reúne as rodas do Balaio do Canjico, Samba dos Amigos, Samba da Paçoca, Samba do Congo e conta com as participações especiais de Dadinho da Velha Guarda do Camisa Verde e Branco e as cantoras Lua Cristina e Bê Lourenço. Saiba mais clicando aqui.

  5. 12H: ALMOÇO COM SAMBA NA CASA BARBOSA

    O almoço celebra a data especial com o lançamento do livreto “Barbosa, a prata do Bixiga” em uma roda de samba com participação especial das cantoras Lua Cristina, Lela Simões, Bê Lourenço, Ana Elisa e Sueli Vargas. Saiba mais clicando aqui.

    Foto por Merylin Esposi/recorte SOULART

  6. 14H: DIA DO SAMBA NA TAMARINEIRA

    Ao todo, 12 sambistas de São Paulo e do Rio de Janeiro se revezam em 10 horas de samba no Bar Tamarineira, na Vila Madalena. E tudo isso regado a cerveja e feijoada. Saiba mais clicando aqui.

  7. 15H: SAMBA SEM TETO – SÃO VICENTE

    O encontro do Samba sem Teto reúne uma série de sambistas e afro empreendedores no Parque Cultural Vila de São Vicente. Saiba mais clicando aqui.

  8. 15H30: SAMBA DA ELIS NA DONA TATI

    Samba da Elis, roda de samba formada por mulheres, convida o Quintal de Iaiá, projeto que também integra a presença feminina. Saiba mais clicando aqui.

  9. 16H: SAMBA CAMARÁ

    Grupo Nervos de Aço realiza roda de samba no aconchegante bairro da Santa Cecília, centro de São Paulo. Saiba mais clicando aqui.

  10. 17H: BIXIGA NÃO É SÓ ARRANHA-CÉU

    Grupo Bixiga Não é Só Arranha Céu realiza a sua última apresentação deste ano no Bar Toca da Capivara, cantando seu repertório de sambas autorais e também consagrados. Saiba mais clicando aqui.

    Foto por Merylin Esposi/recorte SOULART

  11. 17H: DIA DO SAMBA NO BARGAÇA

    Roda de samba “Toque de Amigos”, de Gil Rosa e Gloria Morisson, esquenta a tarde da Vila Madalena no Bargaça, lugar comum à boemia de São Paulo. Saiba mias clicando aqui.

  12. 20H: SAMBA NEGRAS EM MARCHA

    Negras em Marcha, roda de samba de cunho político e formada por mulheres se apresenta no Bar do Boné, na zona sul de São Paulo. Saiba mais clicando aqui.

  13. 20H: VIGÍLIA DO SAMBA NA UESP

    Na virada do dia 01 para o dia 02/12, a tradicional Vigília do Samba, que conta com a presença de sambistas e baluartes das mais diversas regiões e escolas de samba de São Paulo,  celebra o Dia do Samba na sede da União das Escolas de Samba Paulistanas. Saiba mais clicando aqui.

  14. 22H: SAMBADAS NA GRUTA

    Sambadas, roda de samba formada por mulheres, convida a cavaquinista Camila Silva no Bar Gruta, no centro de São Paulo. Saiba mais clicando aqui.

  15. 22H: SAMBA E AMOR ATÉ MAIS TARDE – CAMPINAS

    Grupo Zabalê, formado por sambistas campineiros e há 18 anos na estrada, promove roda de samba em Campinas com diversos clássicos do aclamado compositor Chico Buarque. Saiba mais clicando aqui.

     

Programe-se para não perder os festejos deste dia tão especial para a cultura popular brasileira.

Ouça o primeiro samba registrado, “Pelo Telephone”, de Donga:

Quer receber nosso conteúdo?
Receba a nossa newsletter

Receba todas as atualizações da SOUL ART!