No sábado, 30 de maio, o Espaço SOUL ART orgulhosamente abre as suas portas para receber a segunda edição da HUB com um line up mais que especial.

HUB #2

HUB é o ponto comum que conecta e divide a essência existente dentro de cada ser humano, expressados através de linguagens sonoras e visuais onde cada artista o encaminhará para uma viagem minimalista. Além dos djs residentes, Sassi J e Rafael Onid, que farão um b2b na base da elegância; Godog, Dee Bufato e Tati Pimont, também apresentarão suas pesquisas sonoras no aconchego de nossa sala. Aproveitamos e trocamos aquela ideia sobre música e a trajetória de cada um. Confira!

:: GODOG

GoDog

O que me encanta na música eletrônica é aquele sentimento de expansão da consciência quando “bate”. Então, mais do que nomear influências, num primeiro momento o que procuro em uma música é algo que me surpreenda. Naturalmente a vida foi me presenteando com amigos que são excelentes artistas, e assim, constantemente sou inspirado por eles juntos a outros artistas do mundo todo. Não penso em que gênero vou tocar. Para o estilo de mixagem que pratico, a proposta do minimal me convém pois, procuro fazer duas músicas virar uma terceira. Se isto soar minimal, house, techno, breaks, experimental, ambient, jazz, étnico, espiritual… É consequência.

Em 2011 fui estudar produção de música eletrônica em Londres. Após isso, fiz uma vivência cultural na Alemanha. O que me serviu como especialização, uma pós… chame como quiser. Queria entender profundamente como é a cena de Berlim, queria ouvir tudo de mais fresh que estava rolando em diferentes circuitos sonoros e durante estes tempos, organizei minha vida e colaborei com diversos parceiros. Foco bastante no meu trabalho como dj, é algo que amo muito fazer. Tive uma feliz vinda ao Brasil. Encontrei tantos amigos e fiz tantos outros. Pessoas maravilhosas que estão fazendo grandes trabalhos artísticos e com tanta paixão. O momento do Brasil, culturalmente falando, é lindo.

Agora, estou de volta à minha casa em Berlim e retornando aos trabalhos, focando em continuar produzindo um material que pretendo lançar em breve. V
amos continuar conectados e espalhar amor pelo mundo. Transcendamos pelas festas.

[soundcloud url=”https://api.soundcloud.com/tracks/206671987″ params=”auto_play=false&hide_related=false&show_comments=true&show_user=true&show_reposts=false&visual=true” width=”100%” height=”450″ iframe=”true” /]

:: DEE BUFATO

Dee Bufato

Apesar de não ter nada contra o formato digital, não consigo esconder minha paixão pelos discos de vinil. A conexão com a música se torna outra. Sou adepto ao micro house e sonoridade minimalista que dão energia à minha alma e mente. Em meus sets prefiro tocar músicas que me movem, me surpreendem, ou que me levem para algum lugar diferente do comum. Minhas referências são Philip Glass, Ricardo Villalobos e o groove do hip hop. 

[soundcloud url=”https://api.soundcloud.com/tracks/62278426″ params=”auto_play=false&hide_related=false&show_comments=true&show_user=true&show_reposts=false&visual=true” width=”100%” height=”450″ iframe=”true” /]

:: TATI PIMONT

Tati

Sempre fui ligada à música durante toda minha vida, assim como desde cedo já sentia que isso estaria ligado a minha profissão de alguma maneira. Em 2008, comecei a me interessar mais pelo universo da música eletrônica e a sair para escutar djs e pesquisar artistas, iniciando assim o desenvolvimento do meu gosto e influências. Logo depois, já vi que queria aprender a tocar e comecei a virar minhas primeiras músicas em 2010. Não demorou muito para começar a tocar em clubs que frequentava na época. Atualmente tenho escutado bastante coisa dos labels Sushitech, Minibar, Hello?, Repeat, Fear Of Flying, Assemble Music, Basic Channel, Eklo, op.disc, Welt, entre outros, além da minha label sempre favorita, PerlonEmoticon heartMinhas referências deixam claro o meu lado minimalista, nunca deixando o house e techno de lado, pois costumo passear bastante entre os três gêneros. Toco o que gosto e acredito, geralmente sem rótulos definidos. Gosto bastante de sons bens construídos e inteligentes, ainda mais com tracks longas. Penso que o dj tem a responsabilidade de levar uma experiência diferente para a pista, mostrando novidades que transmitam alguma coisa especial para o público que o segue.

[soundcloud url=”https://api.soundcloud.com/tracks/189481864″ params=”auto_play=false&hide_related=false&show_comments=true&show_user=true&show_reposts=false&visual=true” width=”100%” height=”450″ iframe=”true” /]

HUB2Capa

Já deu para perceber que esse encontro será fino e elegante, a casa abre às 22h e as mulheres que chegarem até às 23h não pagam para entrar. Nos vemos lá!

Quer receber nosso conteúdo?
Receba a nossa newsletter

Receba todas as atualizações da SOUL ART!