fbpx

Ontem no parque do Ibirapuera rolou o 9° Bourbon Street Festival. Gente bonita, diferenciada, muitos sorrisos e uma ótima energia. Porém, as bandas não me agradaram tanto, achei um pouco pop demais. Não que eu tenha preconceito com a cultura da música pop, mas, para um festival de jazz, esperava algo mais arte e não músicas que pareciam trilha sonora de filme comercial fracassado em bilheteria. O festival terminou com o público pedindo Amy, Amy, Amy, e eu na esperança de ver, quem sabe por um momento, a musa Billie Holiday.

O que salvou a noite foi o dubstep do David Bowie em forma de vídeo, em quatro telões. The Creators Project, experiência audiovisual que se encerra hoje com Emicida. Partiu.

Quer receber nosso conteúdo?
Receba a nossa newsletter

Receba todas as atualizações da SOUL ART!