Перед большинством заёмщиков всегда встаёт вопрос, какую организацию-кредитора выбрать? На рынке очень много предложений оформить займ онлайн. Как не попасть на мошенников, с которыми придётся расплачиваться всю оставшуюся жизнь? Конечно, в подобной ситуации лучше всего обратиться к профессионалам: credit-n.ru/zaymyi.html. Именно на этом ресурсе вы сможете получить профессиональную и бесплатную консультацию по всем вопросам займов, микрозаймов и кредита. Именно здесь вам помогут оформить онлайн займ на карту без залога и поручителей в надёжной микрофинансовой компании.

Negacionismo x libertação: o que tem em comum esses dois temas, cada dia mais atuais?

Entenda como a falta de uma educação libertadora está associada à ideologia política exacerbada.

Hoje em dia, se há uma polarização ideológica, não tem haver – somente – com partidos políticos, “salvadores da pátria”, lado A ou lado B, o que permeia nas mentes e corações das pessoas, que conduz e diz há quem e para que estão representando e representados em seus papéis sociais, esses universos se chamam de: negação e libertação.

De um lado, há pessoas que mesmo inseridas na sociedade plural e sentindo os impactos sociais e econômicos, preferem pertencer ao conceito de negar a realidade. Pois, estão emergentes (muitas vezes e não só) entre a elite e os menos favorecidos. Assim, a ideia de se igualar ao discurso burguês e sentir pontualmente alguma experiência dominante é mais aceita em nossa psiquê, do que encarar a realidade e o lugar, de fato, onde estamos nessa pirâmide social.

Partindo dessa premissa, o ataque as ideias na figura de Paulo Freire, faz todo sentido. Afinal, a educação libertadora nos apresenta uma consciência social, onde entende-se que o acesso a informação possibilita inserção popular nas decisões políticas, mas quem quer decidir ou escolher se podem ser manipulados? “Quando a educação não é libertadora, o sonho do oprimido é se tornar opressor”, disse Freire.

É aí que a negação (o negacionismo) entra e assume sua forma ideológica!

A base filosófica Freireana baseia-se no diálogo entre professor e aluno, procurando transformar o estudante em um aprendiz ativo, na “leitura do mundo”. Ele defende uma educação que incentive a criticidade do aluno, indo além do português ou matemática como disciplinas isoladas. Afinal, aprender é um ato revolucionário e por meio da educação, de maneira coletiva, o indivíduo deve tomar consciência de sua condição histórica, assumir o controle de sua trajetória e conhecer sua capacidade de transformação social.

A concepção Freireana seria a ruptura da negação Freudiana?

A negação é um mecanismo de defesa que basicamente é recusar-se a perceber ou reconhecer um fato, possível traumático. A pessoa afetada simplesmente age como se nada tivesse acontecido, se comportando de maneira a se opor ao ocorrido. A teoria da negação foi pesquisada seriamente por Anna Freud, filha de Sigmund, que classifica a negação como um mecanismo da mente imatura porque entra em conflito com a capacidade de aprender e lidar com a realidade.

(Continua na próxima semana…)

Quer receber nosso conteúdo?
Receba a nossa newsletter

Sobre o autor

Avatar

Thiago Almeida é educador social. Bacharel em Comunicação Social, especializado com pós graduação em planejamento estratégico e Gestão integrada. Militante antimanicomial, ativista social e da política de redução de danos. Membro do Fórum Popular de Saúde Mental do ABCDMRR. Redutor de danos com vivência e estudos em países latino-americanos. Atua na saúde mental com criança, adolescente, adultos e pessoas em situação de vulnerabilidade social há aproximadamente 10 anos. Dedica-se à pesquisas, leituras e práticas pautadas em Saúde Pública, nos Direitos Humanos e na clínica psicanalítica voltada ao Acompanhamento Terapêutico, somado a multidisciplinaridade do audiovisual para fins terapêuticos (fotografia e cinema).

Receba todas as atualizações da SOUL ART!