Перед большинством заёмщиков всегда встаёт вопрос, какую организацию-кредитора выбрать? На рынке очень много предложений оформить займ онлайн. Как не попасть на мошенников, с которыми придётся расплачиваться всю оставшуюся жизнь? Конечно, в подобной ситуации лучше всего обратиться к профессионалам: credit-n.ru/zaymyi.html. Именно на этом ресурсе вы сможете получить профессиональную и бесплатную консультацию по всем вопросам займов, микрозаймов и кредита. Именно здесь вам помогут оформить онлайн займ на карту без залога и поручителей в надёжной микрофинансовой компании.

Um encontro de novidades estéticas que mudaram a arte e a literatura brasileira, a semana da arte moderna aconteceu em São Paulo, de 11 a 18 de fevereiro de 1922

comemoração da semana de arte moderna

Abaporu, 1928

 

São Paulo se prepara para os 100 anos da semana da arte moderna de 22

Confira a programação completa da comemoração dos 100 anos da semana da arte moderna de 22 (LISTA):

1- Exposição “Antropofagia” nas Fábricas de Cultura da Zona Norte, Zona Sul e Diadema com obras de artistas locais refletindo sobre arte e a relação centro-periferia (janeiro a abril de 2022).

2- Exposição “Abaporu Periférico Mapeado” na Fábrica de Cultura de São Bernardo do Campo, com projeção mapeada de grafites (fevereiro de 2022).

3- Exposição “A Mostra de Fotografia que Não Houve na Semana de 22” na Casa Guilherme de Almeida, com imagens realizadas por fotógrafos da época da Semana de 22 (1 de dezembro de 2021 a 30 de julho de 2022).

4- Instalação “Modernismo Vivo” na Casa Guilherme de Almeida destacando obras, autores e artistas que participaram da Semana de 22 (8 de fevereiro a 30 de dezembro de 2022).

5- Exposição “Fantoches da Meia-Noite” na Casa Mário de Andrade, que mostrará o raro álbum de gravuras homônimo de Di Cavalcanti colorido à mão pelo artista (1 de julho de 2021 a 12 de fevereiro de 2022).

6- Exposição e programação cultural “Mário de Andrade – Eu sou 300, 350” no Museu Afro Brasil abordando cultura material, literatura, artes visuais, música e uma ambientação da São Paulo dos anos 20. Curadoria de Emanoel Araújo (25 de janeiro a julho de 2022).

7- Exposição “Candido Portinari, um Mestre da Pintura – Coletânea Virtual” no Museu Casa de Portinari, com tecnologia de realidade aumentada reunindo a vasta produção do pintor (13 de fevereiro a 22 de agosto de 2022 – Brodowski/SP).

8- Exposição “O Atelier de Brecheret” no Museu Catavento, importante artista da Semana de 22 que teve seu ateliê de esculturas instalado no Palácio das Indústrias – atual sede do museu (janeiro a março de 2022).

9-Exposição “O Modernismo de John Graz” no Museu da Casa Brasileira em parceria com o Instituto John Graz, apresentando grande retrospectiva do designer suiço radicado no Brasil com projetos inéditos, fotografias, maquetes e objetos interativos. Curadoria de Guinter Parschalk e Baba Vacaro (abril a junho de 2022).

10-Exposição e debates “Modernismo Brasileiro, Design e Arquitetura – 1922 e Depois (?)” no Museu da Casa Brasileira, sobre o pioneirismo modernista de designers que atuaram no período da Semana de 22 e a continuidade desses ideais na produção contemporânea (1° trimestre de 2022).

11-Exposição virtual, webinar e mostra de filmes “Antropofagia: Múltiplos Olhares” organizada pelo Museu Índia Vanuíre, abordando a relação entre a cultura indígena, o movimento modernista e a produção de arte contemporânea (fevereiro a abril de 2022 – Tupã/SP).

12-Exposição “100 Anos Modernos” no MIS-SP, em parceria com a Bienal do Mercosul (fevereiro a maio de 2022).

13-Exposição imersiva e interativa “Portinari Por Todos” no MIS Experience (janeiro a junho de 2022).

14-Exposição e programação cultural “SP Vinte e Dois” no Museu da Língua Portuguesa sobre identidades nacionais e regionais na literatura, à luz do modernismo e da relação centro-periferia em São Paulo (abertura exposição 11 de junho / programação cultural fevereiro a setembro de 2022).

15-Exposição “A Arte Sacra dos Modernistas” no Museu de Arte Sacra de São Paulo, com obras de artistas modernistas criadas a partir da religiosidade e da fé. Curadoria Di Bonetti e Gilson Alcântara (25 de janeiro a 27 de março de 2022).

16-Exposição “O Modernismo e o Patrimônio” no Museu de Arte Sacra de São Paulo, sobre a relação entre modernismo e patrimônio no Brasil entre os anos 1920 e 1950. Com curadoria de Guilherme Wisnik (25 de setembro a 19 de novembro de 2022).

17-Exposição “Mário de Andrade e o Patrimônio Cultural Brasileiro” no Museu do Café, sobre Mário de Andrade, sua relação visceral com a preservação do patrimônio cultural brasileiro e com a elite cafeeira (1º semestre de 2022).

18-Exposição e programação cultural “De 1822 a 1922: Brasilidades em Campo” no Museu do Futebol (25 de janeiro a junho de 2022).

19-Exposição “Uma Semana + 100 Anos” no Palácio dos Bandeirantes e Palácio Boa Vista (Campos do Jordão), apresentando obras icônicas do modernismo brasileiro que revelam histórias, percursos estéticos e o contexto artístico, social e político antes, durante e depois da Semana de Arte Moderna de 1922 (abril a agosto de 2022).

20-Exposição “Acervo Modernista” na Pinacoteca de São Paulo, com obras de artistas modernistas do acervo da instituição (julho de 2021 a dezembro de 2022).

21-Exposição “A Máquina do Mundo” na Pinacoteca de São Paulo, com obras de artistas modernistas e contemporâneos e curadoria de José Augusto Ribeiro (06 de novembro de 2021 a 07 de fevereiro de 2022).

22- Exposição “Universo Pagu” na SP Escola de Teatro sede Brás, reproduzindo o período em que a artista Patrícia Galvão, a Pagu, estudou no local, hoje sede da instituição. Será exibido um exemplar de 1945 do livro “Poesias Reunidas”, de Oswald de Andrade, com dedicatória do autor (outubro de 2021 a fevereiro de 2022).

23-Exposição “Pau Brasil – Inspirações Modernistas” no Theatro São Pedro, apresentando fotos, manifestos, partituras e outros materiais de obras e autores ligados à Semana de Arte Moderna (6 de maio a 5 de junho de 2022).

 

A semana da arte moderna de 1922

A semana da arte moderna de 1922 foi um evento que aconteceu no Teatro Municipal de São Paulo nos dias 13, 15 e 17 de fevereiro.

O evento foi cercado de novidades e apresentações que inspiram a forma de fazer arte até os dias de hoje.

Nesse evento, os visitantes tiveram o privilégio de ouvir música e a leitura de algumas obras inusitadas, além de contemplarem quadros e esculturas tendo como curadores os próprios autores.

comemoração da semana de arte moderna

O objetivo do evento foi inspirar o mundo artístico brasileiro para o modernismo. Os artistas que mais tiveram repercussão no evento e depois dele foram Lasar Segall e Anita Malfati apresentando “O homem amarelo”, 1917.

 

Artes visuais

As artes visuais representam toda a construção do mundo real e do imaginário. O principal objetivo da sua construção é a contemplação e ocasionalmente a sua compreensão.

Na semana da arte moderna as artes visuais impulsionaram a transformação do conceito estabelecido no Brasil nos anos anteriores.

As artes visuais trouxeram identidade viva para a arte moderna brasileira, agora colorida, expressiva e alargou o belo imposto pelas artes das vanguardas europeias, agora tradicionalmente brasileiras.

Quer receber nosso conteúdo?
Receba a nossa newsletter

Receba todas as atualizações da SOUL ART!