Álbum raríssimo da banda liderada por Hermeto Pascoal e Olmir Stocker, com o guitarrista Lanny Gordin, o pianista Cido Bianchi e o contrabaixista Nilson da Matta. São 12 faixas que compõem um dos 100 discos psicodélicos mais emblemáticos da história, de acordo com a conceituada revista inglesa “Mojo”.

Se você adora música experimental e sempre achou o som de bandas como Tortoise (USA) inovador e diferente, é porque não conheceu Hermeto Pascoal. Uma mistura psicodélica, harmoniosa e dissonante, na realidade distorcida de quem enxerga música com texturas e timbres aconchegantes, provocando simultaneamente sensações de ansiedade, suspense e conforto. E o melhor de tudo, produzido cerca de 30 anos atrás, no final de uma década em que a internet estava longe de existir para ajudar a criançada a fazer acontecer o experimental.

Ano de lançamento: 1968
Arranjos: “Brazilian Octopus”
Produção: Mário Albanese e Fausto Canova.
Músicos: Aparecido Bianchi, Alexandre Gordin (Lanny Gordin), Carlos Alberto de Alcântara Pereira, Douglas de Oliveira, João Carlos Pegoraro, Hermeto Pascoal, Nilson Carlos Ruiz Matta and Olmir Stocker (Alemão).
Canções: Mário Albanese, Ciro Pereira, Hermeto Pascoal, Olmir Stocker, Vitor Martins, Gabriel Fauré, A. Popp-P Cour, Rogério Duprat, João C. Pegoraro, Walter Santos, Thereza Souza and Edu Lobo.

Download: SOUL ART ® PASS: Soulart

Quer receber nosso conteúdo?
Receba a nossa newsletter

Receba todas as atualizações da SOUL ART!