fbpx

Do balearic ao electro jazz

O MIS realizou no último sábado  mais uma edição da Green Sunset, uma espécie de matinê que reuni música eletrônica com DJs convidados, VJ, intervenções lúdicas e uma galera muito afim de se divertir.

Nesta edição houve um imprevisto, o DJ convidado previamente, Peter Visti, famoso pelo som balearic e nu disco, cancelou a apresentação de última hora. Felizmente, o seu compatriota dinamarquês, Rasmus Lutzen, estava por São Paulo e não hesitou na hora de aceitar o convite e salvar a festa!

A chuva não atrapalhou a animação da galera (Foto: Bia Ferrer)

A tarde foi chuvosa, mas a discotecagem elegante repleta de nu-jazz do DJ Tahira, residente da festa, e do convidado Lutzen não deixou a galera desanimar (é claro que o open bar de Absolut também ajudou bastante, né…)

O VJ Suave e as meninas do Grite Poesia deram o toque especial à festa através das projeções e dos balões coloridos que foram distribuídos para o pessoal.

Rasmus Lützen, DJ dinamarquês que já tocou nos festivais Roskilde Festival, Boom e Elektronisk Karneval (Foto: Bia Ferrer)

Trabalho de vídeo mapping do VJ Suave durante a festa (Foto: Bia Ferrer)

Os DJs Rasmus Lutzen e Tahira falaram com a SOUL ART sobre o conceito de festas como a Green Sunset e seus trabalhos. Confira em breve as entrevistas!

A Green Sunset é realizada uma vez por mês no espaço aberto do MIS, fique ligado na programação do museu para saber quando será a próxima.

Quer receber nosso conteúdo?
Receba a nossa newsletter

Receba todas as atualizações da SOUL ART!