fbpx

Em 1992, o terceiro álbum do Beastie Boys era lançado e reafirmava a posição pioneira do trio de misturar rock com rap. O Run DMC já tinha testado a mistura em 1986, com o Aerosmith em Walk This Way, mas foram os três branquelos que encabeçaram e criaram um som que depois ia inspirar muita gente. Aqui no Brasil, a influência dos caras é muito evidente com o Planet Hemp, por exemplo. Rap, rock and roll, psicodelia, hardcore e ragga!

Depois de “Paul’s Botique” e “License to Ill”, eles demoraram três anos pra lançar Check Your Head, num processo criativo extenso que culminou nesse clássico. Em 2009, uma edição remasterizada foi lançada. Geralmente, esses relançamento não trazem muitas novidades, mas essa é cheia de mixagens diferentes pra cada faixa do álbum, uma jóia!

Separei minhas quatro favoritas pra gente ouvir nessa quarta-feira feiosa em Sampa:

Nada de rap em “Time for livin”, uma versão inusitada de uma canção do Sly & The Family Stone

Pass The Mic, sem mais

A mais conhecida do álbum, classicona!

Gratitude – uma viagem total: da música ao vídeo.

Parabéns e obrigada, seus lindos!

Quer receber nosso conteúdo?
Receba a nossa newsletter

Receba todas as atualizações da SOUL ART!