Isso não é apenas uma paraNOIA

noia

Diz-se noia daqueles que foram expulsos do centro histórico paulistano. Ou noia daquele que vive em um mundo paralelo. Ou ainda de uma pessoa mentalmente “debilitada”.  Ou nas raízes gregas, onde noia significa razão, e, portanto, Paranoia torna-se um termo composto para designar aquilo que confronta a razão*.

Mas, o que isso tem a ver com cinema?

Em sua décima primeira edição, o NOIA – Festival Brasileiro de Cinema Universitário está aqui na capital paulistana com um evento especial em que razão e paranoia talvez até se misturem. O festival conta com cinco dias de duração, destinados à divulgação da produção cinematográfica realizada por universitários de todo o Brasil, à profissionalização de jovens e adultos por meio do audiovisual e à discussão e democratização do cinema nacional¹.

Criado em 2002 por estudantes do curso de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará (UFC), o NOIA possui uma Mostra Competitiva de Curtas, oficinas, debate com diretores, cerimônia de premiação e lançamento nacional de filmes dos jovens cineastas.

logo matilha

Em São Paulo, a Brazucah Produções, Matilha Cultural e Propono convidam para a 1ª Mostra itinerante do NOIA que será realizada nessa quarta-feira (06/03) na sede da Matilha. Serão exibidos sete curtas, em sessão gratuita. Logo após, haverá debate com os diretores e com o diretor do festival, Paulo Benevides.

Outra oportunidade é para conhecer o trabalho e o espaço da Matilha Cultural, um centro cultural independente na região central de Sampa. A Matilha apoia movimentos artísticos, realiza eventos de adoção de animais, exposições em sua galeria, shows, propõe debates políticos e tem foco em questões ambientais. Muito mais do que uma casa de cultura, um ambiente de convívio com o outro. A Matilha investe em ações para o bem comum, defendendo o que há de melhor para uma sociedade com consciência livre de preconceitos, com a valorização do bem artístico, da educação e do senso político.

matilhacultural

galeria 5

Um ambiente adequado para o debate e a discussão cinematográfica, a Matilha possui uma sala de cinema bem equipada com confortáveis poltronas vermelhas, em que até o seu pet pode entrar. Um ótimo convite para nós, os amantes do cinema e dos animais, cada um com suas noias, apreciarmos as obras desses jovens diretores e nos transportarmos para um mundo de muitas possibilidades em que o que conta é a criatividade e a imaginação.

 

Quando? Dia 6 de Março de 2013 às 19h30min

Onde? Matilha Cultural – Rua Rego Freitas, 542, República

Quanto? Grátis!

Como? Inscrição online através do e-mail brazucah@brazucah.com.br
Programação completa dos filmes:

http://www.matilhacultural.com.br/programacao-matilha-cultural/cinema/item/619-cinema-recebera-festival-noia-festival-brasileiro-de-cinema-universit%C3%A1rio.html

 

*dicionário online

¹Retirado do site http://festivalnoia2012.blogspot.com.br/p/apresentacao.html

Adamantinense da terrinha do velho oeste paulistano. Formada em Ciências Sociais, mas nas horas vagas pensa dançar como o Michael Jackson e brinca de escrever como a Clarice. Adora viajar no mundo literário, fazer auto-maquiagem e conhecer cafeterias novas. É escritora de um futuro romance, já publicou uma tese sobre Vampiros e atualmente se dedica ao jornalismo literário. É antropóloga, contadora de histórias, sapateadora, dobradora de origami e colecionadora de cartões de restaurantes. Sempre disponível para ver um bom filme daqueles que dá uma cócega cerebral ou testar uma receita nova para cozinhar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *