O Olhar Nômade de Vincent Moon

O Olhar Nômade dá título ao post e a maior mostra já feita a respeito do cultuado diretor de cinema, que abriu na terça passada, no Sesc Pompeia, Vincent Moon, sobre quem você já leu por aqui em matéria com a sambista Dona Inah, tem em seu cardápio de filmes um infindável número de colaborações, que vão dos famosos Arcade Fire, BeirutR.E.M., Sigur Rós e os brasileiros Tom Zé, Elza Soares, Ney Matogrosso, Jards Macalé aos músicos locais dos lugares mais remotos por onde o diretor já passou.

Vincent ficou conhecido pelo jeito peculiar de retratar músicos e bandas, em vídeos que mostram os artistas fora do palco, sem ensaio, tocando quase improvisadamente. Assim, revelando uma intimidade, enfatizada por uma câmera livre, que passeia em planos-sequências.

A mostra traz um apanhado do trabalho de Moon, dividido em temas como São Paulo, Fim do Dia; 5 Vozes de Mulheres que me Fizeram Chorar; Islam, Sufismo e Êxtase, e Xamanismo Moderno na Indonésia, sendo os últimos dois exemplos da atual produção de Vincent, mais focada em ritos e cerimônias sagradas em países como o Egito, a Indonésia, a Rússia e o sudeste asiático.

Confira no link e não perca a programação diária que vai até o dia 27 de janeiro.

Duas conferências com o diretor também fazem parte da mostra, nos dias 22 e 23 de janeiro, às 19h30 (retirada de senhas com 30min de antecedência na bilheteria do Sesc Pompéia), mas o destaque do evento fica para fevereiro, quando Vincent volta à cidade para ministrar nos dias 19, 20 e 21 um workshop, em que o público poderá conhecer e discutir sobre o modo de trabalho do diretor, além de participar de todo o processo da produção e da gravação de um vídeo com um artista convidado do Prata da Casa (projeto do Sesc focado em novos nomes da música brasileira). O workshop é pago, naquele precinho Sesc de ser (R$ 28 inteira, R$ 14 meia e R$ 7 matriculados). Os interessados devem se inscrever a partir das 10hs do dia 1 de fevereiro, pessoalmente, no próprio Sesc Pompéia.

Confira as fotos da abertura da exposição com cobertura da SOUL ART.

vincent_moon_by_AndreVicentini vincent_moon_by_AndreVicentini vincent_moon_by_AndreVicentini vincent_moon_by_AndreVicentini

Fotos por: Andre Vicentini

Para mais Vincent Moon, acesse:
www.vincentmoon.com

Formado em publicidade por engano e em cinema por gosto, Vicentini já dirigiu, escreveu e até atuou em diversas produções. Percorrendo o mundo das artes, Andre, de família italiana, resolveu se tornar cidadão europeu. Portanto será nosso primeiro correspondente internacional, cobrindo eventos e trazendo novidades do velho continente.