999505_517560608298433_1277929449_n

Imagine que você está andando por alguma rua nesse momento, atrasado para o trabalho, saindo para o almoço, fazendo compras ou qualquer uma dessas infinitas coisas. De repente, alguém te aborda e pergunta: “O que eu posso fazer por você agora?”. Isso mesmo. Com certeza a sua primeira reação seria de dúvida, confusão, espanto talvez, simplesmente porque o simples ato de ajuda ao próximo não é tão comum quanto deveria ser nos dias de hoje. Mas era exatamente isso que Renata queria e sentia que deveria mudar, e assim, foi para as ruas começar sua jornada.

Apresento-lhes Renata Quintella, criadora do projeto A Jornada, que começa com a pergunta: “O que eu posso fazer por você agora?”.

Em uma linda manhã de sol, Renata e alguns amigos resolveram sair às ruas e fazer a diferença na vida de algumas pessoas, sejam elas ricas, pobres, trabalhadoras, desempregadas, o que for. O mais importante e o que veio acima de tudo é o simples fato de que todos são seres humanos, e em algum momento, algum lugar, sempre tem alguém precisando de alguma coisa que talvez nós possamos compartilhar ou ajudar, e nem sempre essa ajuda demanda um esforço enorme ou dinheiro, como alguns devem pensar.

Em apenas um dia, Renata ouviu os mais diferentes pedidos, e doou sorrisos, abraços, ajuda para carregar sacolas, para comprar vassoura, e até improvisou uma festa de aniversário em uma pracinha, que segundo ela mesma, foi uma das trocas mais especiais e intensas, por ter proporcionado um resgate interno de uma situação pela qual passou alguns anos atrás.

1048478_517082751679552_1349179106_o

1052175_516989565022204_851274156_o

1001615_517184481669379_1942389635_n

241831_518082674912893_1277712755_o

O objetivo principal do projeto é despertar nas pessoas esse sentimento de olhar para o lado, olhar para o mundo com os olhos da alma, colocar o coração em cada ação do começo do dia até o fim, resgatar o amor existente em cada um de nós, que às vezes se encontra perdido ou esquecido por motivos alheios à nossa vontade, e dessa forma, tornar a vida mais humana, mais gratificante, mais leve!

É extremamente gostoso, essencial e especial quando algo toca a nossa alma. Você sente aquele arrepio e encontra essa parte bonita do mundo, esses pontinhos de luz que criam e recriam esperanças quando tudo parece que está desabando. Seja lá qual for seu momento, seu problema, o fato de saber que tem uma boa parte do mundo querendo viver essa vida como um constante coletivo, é engrandecedor, dá sentido pra essa caminhada, pra essa jornada de cada um de nós.

Em entrevista com a Renata, ela nos conta um pouco de sua vida, sua jornada, e em que momento sentiu que deveria sair às ruas e fazer o que sentia vontade.

SOUL ART: Renata, atualmente, com o que você trabalha e em qual momento da sua vida, da sua carreira, sentiu que precisava sair às ruas para ajudar as pessoas que você vem ajudando agora? O que a fez começar essa jornada?

RENATA: Entrei na faculdade de Biomedicina, mas sou formada em Artes Cênicas. Hoje trabalho escrevendo roteiros e fazendo direção artística de eventos. A jornada sou eu. Sempre fiz isso para os amigos e desconhecidos, um dia, resolvi fazer pelas ruas e chamei uns amigos para registrarem, e as histórias foram incríveis. A cada dia parece que o universo quer me provar que estamos no caminho certo. Histórias e pessoas que se encaixam, se complementam, se resgatam, como se fosse um jogo da vida mesmo, e essa experiência social está sendo muito rica para muitas pessoas. Estamos com quase 6 mil likes na fanpage.

SOUL ART: Na página da Jornada, percebemos que um dos encontros mais especiais para você foi com a Renata, sua xará, que estava fazendo aniversário. Além de fazer algo por ela, você acabou fazendo algo por você mesma?

RENATA: Fiz muito por mim. Tem um texto no blog que fala sobre esse reencontro comigo mesma. Já estive também sozinha no dia do meu aniversário, e foi perto dos 27 anos. Tê-la encontrado fez um bem danado pra minha alma, como se ali o tempo e o espaço não existissem e fiz um grande resgate interno. Vi os meus amigos ali, entregues para mim, para o meu projeto de vida, me emocionou muito.

1052368_516038648450629_567622169_o

SOUL ART: Existe algum projeto com o qual você se identificou, aqui no Brasil ou fora?

RENATA: Nenhum especificamente. Mas sempre estou à procura de pessoas que fazem o bem. Vejo muitas referências de vídeos na internet, fico antenada no bem.

SOUL ART: Você tem a intenção de tornar esse projeto algo maior ainda?

RENATA: Ele se tornará em breve uma série de TV. Mas ele é muito mais do que isso, é uma plataforma do bem. Quero que ele ganhe o mundo e que todo mundo entenda que pode fazer alguma coisa por alguém. Todo mundo tem o bem dentro de si e é cuidando do outro, que o universo cuida da gente. Acredito mesmo que o grande segredo da vida é compartilhar!

Devido ao sucesso do projeto nas redes sociais, Renata nos contou que ele está sendo transformando em um piloto de uma série chamada A Jornada, e será levada aos canais a cabo.

Para conhecer um pouco mais das pessoas que ela encontrou no caminho, deixo o blog, a página no face e um vídeo que mostra alguns momentos da Jornada.


Que sirva de inspiração para cada um começar sua própria jornada.

 

Fotos: Maycon Amoroso e Milene Milan

Quer receber nosso conteúdo?
Receba a nossa newsletter

Receba todas as atualizações da SOUL ART!